quinta-feira, 20 de junho de 2019

Notícias

In:

Incêndio devastou mais de 150 hectares na Mata dos Frios, em União dos Palmares

Por Redação com G1

O Instituto do Meio Ambiente (IMA) informou, nesta terça-feira (13), que o incêndio de grande proporção que atingiu a Mata dos Frios, em União dos Palmares, consumiu mais de 150 hectares de vegetação.

As primeiras chamas aingiram a serra na quinta-feira (8), e durou 11 horas. Um dia após, na sexta-feira (9), as chamas voltaram a atingir o local.

Para constatar o dano, equipes do IMA e do Corpo de Bombeiros vão vistoriar a área na próxima sexta-feira (16). A vistoria contará com o apoio de policiais do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e servirá para verificar a gravidade do impacto causado.

“Até agora a área atingida foi estimada a partir dos sobrevôos que a equipe dos Bombeiros fez na região afetada”, explicou Epitácio Correia, gerente de Fauna, Flora e Unidades de Conservação do IMA.

Segundo Correia, a área de vegetação nativa é a menor porção atingida pelo fogo. “Não é possível afirmar ainda porque teremos que fazer novas incursões, mas há indícios de que o fogo tenha sido iniciado em uma área de pastagem, se isso se confirmar o responsável poderá responder pela infração”.

Ele explicou ainda que existe uma legislação que trata especificamente da queima controlada que permite o uso do fogo em atividades agrícolas e silvipastoris, mas que é preciso observar os critérios técnicos e a real necessidade do uso do fogo.

Os técnicos do setor de Gestão de Flora do IMA explicam que é possível que a vegetação nativa leve pelo menos 10 anos para se recompor, isso se ela não sofrer novos impactos.

A Mata dos Frios possui a maior parte de sua área localizada no município de União dos Palmares, com uma porção bem pequena no município de Branquinha. Os dois municípios, por sua vez, estão inseridos na Área de Proteção Ambiental (APA) de Murici, região que ainda guarda importantes fragmentos do bioma Mata Atlântica no Estado de Alagoas.

Além de União dos Palmares e Branquinha, a APA de Murici é formada ainda pelos municípios de Murici, São José da LajeIbateguaraColônia LeopoldinaNovo LinoJoaquim GomesMessias e Flexeiras.

Segundo informações do setor de Geoprocessamento do IMA, desde o mês de novembro já foram registrados 65 focos de fogo dentro de Unidades de Conservação. Há registros em todas as APAs estaduais: Pratagy, Catolé e Fernão Velho, Santa Rita, Murici e Marituba do Peixe.

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com