sexta-feira, 19 de Abril de 2019

Notícias

In:

Construção do Hospital da Mulher será essencial para o HGE, afirma direção

Por Redação com Agência Alagoas
A nova unidade hospitalar ficará instalada no bairro Tabuleiro do Martins, parte alta de Maceió. Carla Cleto

A nova unidade hospitalar ficará instalada no bairro Tabuleiro do Martins, parte alta de Maceió. Carla Cleto

Maior resolutividade no fluxo de atendimentos. Este será um dos maiores benefícios que o Hospital da Mulher trará para a maior unidade de saúde pública estadual de urgência e emergência, o Hospital Geral do Estado (HGE). Quem afirma é o médico cirurgião geral Carlos Alberto Gomes, gerente do HGE. De acordo com ele, apesar da unidade ser classificada como de urgência e emergência, atende todos os tipos de patologias, com uma média de aproximadamente 150 mil atendimentos por ano.

“Com o Hospital da Mulher, o estado de Alagoas ganhará duas grandes portas de atendimentos. O déficit de leitos para os usuários do SUS será reduzido, beneficiando a população alagoana, em especial as mulheres, e, o HGE, que é uma unidade especializada em urgência e emergência, com foco no atendimento de traumas, poderá se dedicar mais a assistência dessa área”, comentou Carlos Alberto.

Para o gerente, com a construção do hospital, outras unidades também serão beneficiadas. “Este hospital vai oferecer um melhor atendimento às pacientes da Santa Mônica, ambulatórios e todas as demais unidades públicas de saúde serão favorecidas. Com o aumento de leitos públicos, o fluxo de pacientes será reduzido, melhorando a assistência pública para a população alagoana”, completou.

A nova unidade hospitalar ficará instalada no bairro Tabuleiro do Martins, parte alta de Maceió, possibilitando o incremento de mais 180 leitos para pacientes do SUS que residem na capital e nas regiões Norte e Zona da Mata alagoana.

O mototaxista Antonio Agripino (34 anos) morador do Graciliano Ramos está internado no HGE após uma cirurgia de apendicite, ele comentou que teve muita dificuldade para se dirigir até a unidade hospitalar. “Eu vim dirigindo e doía demais. O HGE está localizado em uma região oposta a que moro. Peguei trânsito, acidentes no caminho. Esse hospital na parte alta de Maceió beneficiará demais quem mora lá em cima”, disse o paciente.

Rogério Barboza, superintendente de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), ressaltou que para a construção da unidade serão investidos recursos da ordem de R$ 90 milhões, oriundos de emendas parlamentares da bancada federal e do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep).

Segundo ele, o novo hospital vai proporcionar aos pacientes do SUS assistência hospitalar nos casos de urgência e emergência, no âmbito de clínica materna, pediátrica e médica, além da inclusão de procedimentos de alta complexidade. O complexo hospitalar vai contar com o Hospital da Criança, com 60 leitos, uma área exclusiva para os pequenos ao lado do atendimento destinado aos adultos.

“Serão realizados procedimentos eletivos para o público feminino, masculino e infantil, com um atendimento mais próximo às mulheres alagoanas, com leitos exclusivos para ginecologia e obstetrícia. O Hospital da Mulher contará ainda com serviços laboratoriais, exames de imagem, intervenções terapêuticas, procedimentos cirúrgicos e endoscópicos”, explicou Rogério Barboza, destacando ainda a possibilidade de qualificar o serviço de transplante no Estado, com a construção da unidade.

Depois de construído, o Hospital da Mulher contribuirá para a redução das disparidades na assistência médico-hospitalar em Alagoas. O espaço ganhou esse nome por representar um novo rumo na atenção à saúde da mulher, devido à ampliação e à qualificação de serviços clínicos ginecológicos, mas também receberá o público masculino. A unidade será construída em terreno de 57 mil m².

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com