terça-feira, 16 de julho de 2019

Notícias

In:

Talento: Projeto ‘Alagoas Feito a Mão’ realiza visita a artesãos

Por Redação com Agência Alagoas
Com obras concluídas, um catálogo será criado com o resultado.Foto: Jonathan Lins

Com obras concluídas, um catálogo será criado com o resultado.Foto: Jonathan Lins

Dando continuidade ao projeto Alagoas Feito a Mão, que objetiva valorizar e divulgar o artesanato alagoano, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) realizou mais uma visita aos artesãos escolhidos para a produção de presentes governamentais destinados aos visitantes que chegam ao estado.

Serão produzidas seis peças únicas, cada uma contendo duas tipologias características dos municípios de Atalaia, Palmeira dos Índios, Barra de Santo Antônio, Penedo, Coruripe, Feliz Deserto, Marechal Deodoro, Maceió, Satuba, Pilar, Porto de Pedras e Maragogi.

Para o designer contratado pela Sedetur, Rodrigo Ambrósio, o principal desafio é garantir que cada tipo de artesanato se destaque e tenha funcionalidade na peça.

“Foi feito um trabalho de análise e, em seguida, de criação. Esse trabalho abre a cabeça dos artesãos para que eles possam utilizar suas tipologias com outras e começar essa interação”, explicou Ambrósio.

Quando as obras estiverem prontas, um catálogo será confeccionado para que o material possa ser encomendado pelas secretarias estaduais e distribuído. Além disso, durante o processo, os artesãos ganham uma capacitação.

“Acabo trocando conhecimentos com eles, em questão de acabamento, venda e funcionamento. Eles absorvem minha experiência do universo do design, essa coisa da repetição, criar padrões, pensar na funcionalidade e, no final, terão o trabalho amplamente divulgado”, completou o desiner.

Para o instrutor da oficina de tornearia do galpão de artesanato da Fábrica da Esperança – projeto desenvolvido pela Superintendência Geral de Administração Penitenciária (Sgap) que engloba ressocialização e cursos profissionalizantes – Augusto Elias de Almeida, a experiência de trabalhar com outros artesãos foi uma surpresa.

“Eu já conhecia a taboa, é muito bem feita e acabada e com o meu trabalho em madeira, a peça que a gente está produzindo vai ficar muito bonita”, contou animado.

Nesta terça-feira (8), outros dois artesãos voltam a ser visitados pela Sedetur em uma das etapas finais do projeto, em Atalaia e Palmeira dos Índios.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com