terça-feira, 21 de Maio de 2019

Notícias

In:

Servidores do Samu participam de palestra sobre saúde do homem

Por Redação com Agência Alagoas
Evento serviu para alertar sobre a prevenção de várias doenças, não apenas do câncer de próstata. Foto: Olival Santos

Evento serviu para alertar sobre a prevenção de várias doenças, não apenas do câncer de próstata. Foto: Olival Santos

Servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tiveram acesso a informações, nesta sexta-feira (25), sobre prevenção de doenças que mais afetam os homens. A ação integra, ainda, o Novembro Azul. O evento ocorreu no auditório do Núcleo de Educação Permanente (NEP), no prédio-sede do Samu, no Farol.

Para ministrar a palestra foi convidado o médico geriatra, Marcos Martins, que é coordenador do Programa de Saúde do Homem da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). O evento serviu para alertar sobre a prevenção de várias doenças, não apenas do câncer de próstata.

O médico Marcos Martins destaca que existe uma política de cuidados mais voltada para as mulheres do que para os homens, mas que desde 2009 a população brasileira está mais atenta devido à instituição da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH).

As discussões sobre a saúde do homem para os servidores do Samu são um momento importante pois os socorristas, por causa da correria do dia a dia, têm pouco tempo para se informar. A palestra no ambiente do trabalho incentiva os profissionais a tomarem mais cuidado com a própria saúde, comentou o supervisor-geral do Samu, Lucas Casado.

De acordo com Marcos Martins, da faixa etária de 20 a 59 anos, a cada três mortes, duas são de homens. As doenças que mais matam os homens são relacionadas ao coração e os fatores de risco para a saúde desse público são o tabagismo, álcool, inatividade física e alimentação inadequada.

As razões que levam os homens a adoecerem mais e morrerem mais cedo do que as mulheres são diversas, mas principalmente o fato de não procurarem os serviços de saúde e o envolvimento com situações violentas.

Marcos Martins focou também que é preciso que os homens fiquem atentos para qualquer sinal que possa indicar alguma alteração do corpo e que pode ser um início de uma doença grave, como ferida (úlceras), caroços, vermelhidão, coceira, dor ou ardor no ato de urinar e mudança da cor da urina.

De acordo com o coordenador do Pronto Atendimento, Euder Pereira, a palestra reforçou a importância dos cuidados para se ter mais qualidade de vida e saúde.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com