quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Notícias

In:

Programa Almanaque Saúde abordará questões sobre a saúde, bem-estar e qualidade de vida no trabalho

Por Redação com Futura

Em 22 de novembro, às 20h30, o Canal Futura e o Serviço Social da Indústria (SESI) estreiam o programa Almanaque Saúde, com foco em assuntos relacionados ao bem-estar e qualidade de vida, sobretudo, no trabalho. O programa será uma revista eletrônica sobre alimentação, atividade física, curiosidades sobre o funcionamento do corpo humano e dicas práticas e saudáveis que podem ser incorporadas no dia a dia de qualquer pessoa, inclusive no ambiente de trabalho.​

 

Com apresentação de Robson Santos e reportagens de Mariana Hein, o Almanaque Saúde colocará em pauta temas como stress, alcoolismo, sedentarismo, alergias, enxaqueca, higiene bucal e intoxicação alimentar. Os assuntos são ilustrados com experiências de sucesso da indústria brasileira, que mostram medidas simples que geram melhorias na saúde e bem-estar dos trabalhadores e de suas famílias.

 

Nos diferentes quadros da série, serão apresentadas receitas saudáveis, perguntas aos especialistas, dicas de exercícios, a importância dos exames preventivos e outras atitudes cotidianas que podem fazer a diferença na qualidade de vida das pessoas

No primeiro episódio do Almanaque Saúde o tema será qualidade de vida no trabalho ou no lar. Nele, o telespectador poderá conferir, entre outras questões, como alimentação balanceada e prática de atividades físicas estão relacionadas ao bem-estar. Já no segundo episódio, o programa aborda questões relacionadas às drogas, tema muitas vezes é visto como um tabu dentro do ambiente de trabalho. O assunto, que também está intimamente ligado à vida pessoal, será tratado a partir de esclarecimentos de especialistas, exemplos de projetos de prevenção dentro de empresas e informações sobre os efeitos e consequências de substâncias lícitas e ilícitas. Um dos destaques do episódio é a empresa alagoana V2 Construções que promove o projeto “Droga não constrói”, que tem como objetivo conscientizar os funcionários sobre os malefícios do uso de drogas. No setor da Construção Civil existe um alto índice de absenteísmo por conta do alcoolismo e a empresa oferece tratamento para o funcionário e o reinsere no ambiente de trabalho.

 

          A gerente de Conteúdo do Canal Futura, Debora Garcia, afirma que, para que o trabalho seja digno e saudável, é importante a atenção à qualidade de vida do trabalhador, à promoção da saúde e à criação de hábitos positivos diários, tanto em seu meio profissional como também em sua vida pessoal. “A série Almanaque Saúde funciona exatamente como uma ferramenta audiovisual para ajudar o telespectador do Futura a gerir sua saúde para que possa desfrutar mais de sua vida, em todos os âmbitos”, destaca.

 

De acordo com o diretor de Operações do SESI, Marcos Tadeu de Siqueira, a importância da disseminação de conhecimento sobre saúde, qualidade de vida e segurança no trabalho é de fundamental importância para fazer com que mais pessoas melhorem o estilo de vida e adotem hábitos mais seguros. “Isso propiciará que trabalhadores e futuros trabalhadores aumentem a produtividade e sejam pessoas mais satisfeitas com a vida e o trabalho. Consequentemente, as empresas terão mais condições de elevar sua competitividade”, completa.

 

 

ALMANAQUE SAÚDE

Estreia: 22 de novembro, às 20h30

Exibição: terças-feiras, às 20h30

Reprise: quintas-feiras, às 16h30

Duração: 30 min

Classificação: LIVRE

 

 

CONFIRA OS PRIMEIROS EPISÓDIOS:

 

Qualidade de Vida

Exibindo Almanaque Saúde - Qualidade de vida3.jpg

22 de novembro, terça-feira, às 20h30

Qualidade de vida é fundamental para um dia a dia saudável. No trabalho ou no lar, questões como alimentação balanceada e prática de atividades físicas são indispensáveis para o bem-estar. Almanaque Saúde discute esses temas em meio a reportagens, conversas com especialistas e quadros informativos.

Exibindo Almanaque Saúde - Qualidade de vida4.jpg

 

Drogas

29 de novembro, terça-feira, às 20h30

O tema drogas muitas vezes é visto como um tabu dentro do ambiente de trabalho. O assunto que também está intimamente ligado à vida pessoal será abordado no episódio, com esclarecimentos de especialistas, exemplos de projetos de prevenção dentro das empresas e informações sobre os efeitos e consequências de substâncias lícitas e ilícitas.

 

Cuidado Materno

6 de dezembro, terça-feira, às 20h30

Requisitadas no mercado de trabalho e com papel predominante no núcleo familiar, mulheres enfrentam desafios de conciliar, com saúde, maternidade e vida profissional. Este episódio de Almanaque Saúde explora questões relevantes relacionadas à maternidade, amamentação, readaptação da funcionária ao ambiente de trabalho e, ainda, construção de vínculos em uma sociedade que não segue um único modelo familiar.

 

Direitos, gêneros, coletivos

13 de dezembro, terça-feira, às 20h30

Sexo biológico, identidade de gênero, orientação sexual. As questões de gênero estão cada vez mais em pauta, e a luta por um tratamento igualitário e respeito aos direitos passa do individual para o coletivo. O episódio aborda questões como diferenças encaradas por homens e mulheres no ambiente de trabalho, assédios, relações profissionais e respeito às diferenças.

 

 

O Canal Futura

O Canal Futura é uma experiência pioneira de comunicação para transformação social, que opera a partir de um modelo de produção televisiva educativa, participativa e inclusiva, não comercial, não governamental, sem fins lucrativos e de interesse público, com base em parcerias que articulam e mobilizam uma rede social em vários estados brasileiros. Aproximadamente 50 milhões de pessoas assistem regularmente à programação, por meio de antenas parabólicas, TVs por assinatura, TVs Universitárias parceiras, sendo, em algumas localidades, em canal aberto (UHF e VHF). O Canal Futura é resultado da parceria entre organizações da iniciativa privada, unidas pelo compromisso de investir socialmente e líderes em seus segmentos. Os parceiros mantenedores são Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sistema Fecomercio RJ, Serviço Social do Comércio do Rio de Janeiro (Sesc-RJ) e Serviço Nacional da Aprendizagem Comercial do Rio de janeiro (Senac-RJ), Federação da Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Federação da Indústria do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Fundação Bradesco, Fundação Itaú Social, Rede Globo e Votorantim.

 

 

 

 O Serviço Social da Indústria (SESI)

Criado em 1º de julho de 1946, o Serviço Social da Indústria (SESI) é uma instituição aliada das empresas no esforço para melhorar a qualidade da educação e elevar a escolaridade dos brasileiros. Também ajuda a criar ambientes de trabalho seguros e saudáveis e a aumentar a qualidade de vida do trabalhador.

Com 1.304 unidades espalhadas pelo Brasil, o SESI mantém uma rede de escolas que oferecem educação básica, educação de jovens e adultos, educação continuada e acompanhamento pedagógico para trabalhadores da indústria e seus dependentes. A instituição também mantém uma rede de bibliotecas, teatros e espaços culturais que facilitam o acesso dos brasileiros ao conhecimento e às artes. 

O SESI ainda mantém programas de prevenção a doenças e promoção de saúde e segurança no ambiente de trabalho, volto para industriários e suas famílias. Ao buscar a educação de qualidade, o bem-estar dos trabalhadores e estimular a gestão socialmente responsável das empresas, o SESI desempenha um papel decisivo para o aumento da competitividade da indústria e o desenvolvimento sustentável do Brasil.

www.sesi.org.br

 

 

O Canal Futura

O Canal Futura é uma experiência pioneira de comunicação para transformação social, que opera a partir de um modelo de produção televisiva educativa, participativa e inclusiva, não comercial, não governamental, sem fins lucrativos e de interesse público, com base em parcerias que articulam e mobilizam uma rede social em vários estados brasileiros. Aproximadamente 50 milhões de pessoas assistem regularmente à programação, por meio de antenas parabólicas, TVs por assinatura, TVs Universitárias parceiras, sendo, em algumas localidades, em canal aberto (UHF e VHF). O Canal Futura é resultado da parceria entre organizações da iniciativa privada, unidas pelo compromisso de investir socialmente e líderes em seus segmentos. Os parceiros mantenedores são Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sistema Fecomercio RJ, Serviço Social do Comércio do Rio de Janeiro (Sesc-RJ) e Serviço Nacional da Aprendizagem Comercial do Rio de janeiro (Senac-RJ), Federação da Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Federação da Indústria do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Fundação Bradesco, Fundação Itaú Social, Rede Globo e Votorantim.

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com