terça-feira, 25 de junho de 2019

Notícias

In:

Flamengo faz clássico com Botafogo para seguir com sonho do título

Por Redação com Terra
Reprodução/Internet

Reprodução/Internet

Um clássico que promete esquentar o Maracanã, no Rio de Janeiro. Assim deverá ser o encontro entre Flamengo e Botafogo, que duelam neste sábado, às 17h (de Brasília), pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Rubro-Negro tem 62 pontos, cinco a menos que o líder Palmeiras, e precisa vencer para manter vivo o sonho do título. Porém, vai precisar superar a irregularidade, já que não venceu em nenhum dos últimos três confrontos, sendo o mais recente o 2 a 2 com o Atlético-MG. Já o Glorioso atravessa um grande momento, apesar de estar vindo de um empate sem gols com o Coritiba. Porém, não perde há seis jogos e, com 54 pontos, tenta se manter na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores.

O reencontro com o Maracanã, que esteve entregue aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, é algo que motiva os jogadores do Botafogo. Para muitos será o primeiro contato com o palco sagrado do futebol. “É uma coisa que realmente mexe com os jogadores e por isso mesmo estamos muito motivados. Vai ser um clássico muito complicado, mas precisamos nos impor pois uma vitória vai nos deixar próximos da Copa Libertadores”, disse o lateral-direito Alemão.
O Flamengo já reencontrou o Maracanã no empate por 2 a 2 com o Corinthians, mas seus jogadores vivem a expectativa de ver o estádio, mais uma vez, lotado. “Claro que todo jogador fica muito satisfeito de saber que a torcida está se mobilizando e vai comparecer em grande número.

O Flamengo tem essa ligação muito forte com seu torcedor e em um clássico desse porte, onde sabemos que o jogo pode ser decidido no detalhe, o apoio do torcedor é algo que se torna importante demais. Já estamos vivendo a expectativa da partida e saber que a torcida vai chegar junto nos motiva muito mais”, disse o volante Márcio Araújo.

Se o Flamengo, que teve 90% da carga de ingressos, aposta na torcida, os botafoguenses ganharam um doping financeiro, pois o presidente Carlos Eduardo Pereira comunicou ao técnico Jair Ventura que aumentou o bicho em caso de vitória.

A premiação a ser dividida pelo elenco será de R$ 200 mil. “Vai ter o bicho, sim, só não sei de quanto vai ser. Mas posso dizer que nenhum jogador vai correr a mais por conta disso e sim pelo fato de ser um jogo no Maracanã, um clássico, e que pode nos colocar em um patamar muito bom dentro da competição.

Não estou sendo hipócrita e dizendo que não gosto de dinheiro, não é isso. Todos gostamos. Mas não vamos correr a mais por conta disso e sim porque ganhar pode nos colocar muito perto da Libertadores”, disse o goleiro Sidão.

Os flamenguistas, para vencer, pretendem manter o bom nível de atuação do empate com o Galo. “Não devemos ter mudanças bruscas na maneira de atuar, porque o nosso time rendeu bem contra o Atlético-MG e poderíamos ter conseguido a vitória, que escapou por poucos detalhes. Portanto, o momento é de se impor e partir com tudo em busca de uma vitória sobre o Botafogo. O que deu errado no sábado passado pode dar certo no próximo sábado se continuarmos com a mesma pegada que exibimos em Belo Horizonte”, disse o goleiro Alex Muralha.

Em termos de escalação, os dois treinadores tentam esconder o time, mas Zé Ricardo deverá repetir a formação do Flamengo que empatou com o Galo. Pelo lado do Botafogo, o técnico Jair Ventura vai promover o retorno do volante Aírton, recuperado de dores na coxa direita. Com isso, o esquema com três atacantes será abandonado e Rodrigo Pimpão e Sassá lutam para ver quem será o companheiro de ataque de Neilton.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, as duas equipes empataram por 3 a 3 na Arena Botafogo. Naquela ocasião, Diogo Barbosa, Neilton e Juan Salgueiro marcaram os gols botafoguenses, enquanto que Everton, Jorge e Paolo Guerrero anotaram os tentos flamenguistas.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X BOTAFOGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 5 de novembro de 2016 (Sábado)
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO)

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Gabriel, Fernandinho e Paolo Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

BOTAFOGO: Sidão, Alemão, Emerson Santos, Joel Carli e Víctor Luís; Aírton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Camilo; Neilton e Sassá (Rodrigo Pimpão)
Técnico: Jair Ventura

 

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com