quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias

In:

Escolas públicas são invadidas e têm bombas de água furtadas em Maceió

Por Redação com G1

Pelo menos cinco escolas públicas estaduais que ficam dentro do Centro Educacional Antônio Gomes de Barros (CEAGB), o antigo CEPA, foram invadidas e tiveram bombas de água furtadas. Os casos aconteceram entre sexta-feira (18) e domingo (20), no período da madrugada. Uma das escolas teve as aulas suspensas.

Os arrombamentos nas escolas que ficam no complexo educacional, no bairro do Farol, em Maceió, foram denunciados por estudantes do Grêmio Escolar Força Estudantil (GEFE), que encaminharam uma nota à Secretaria Estadual de Educação (SEE). A reportagem do G1conversou com funcionário de algumas delas, que confirmaram os furtos.

Segundo o Grêmio, na madrugada de sexta foram descobertos furtos nas escolas Princesa Isabel, Laura Dantas e José Correia da Silva Titara. Dois dias depois, foi registrada a mesma ação nas unidades Dom Pedro II e Moreira e Silva.

A Polícia Militar recebeu chamado para três furtos, nas escolas José Correia da Silva Titara, Princesa Isabel e Moreira e Silva. Por meio de nota, a assessoria da SEE confirmou os furtos e afirmou que serão instaladas novas câmeras de segurança para evitar crimes.

A secretaria informou que, por causa do furto de bomba de água, as aulas na escola Princesa Isabel, que funciona em tempo integral, aconteceram pela manhã e foram suspensas no período da tarde.

Até a manhã desta segunda (21), somente a direção da escola José Correia da Silva Titara havia registrado queixa na delegacia.

A Polícia Civil informou que o caso está com o 7º Distrito Policial, que aguarda as outras denúncias.

“A situação está preocupante porque foram muitos casos em três dias. Chegamos para trabalhar preocupados se vamos encontrar todo o material ou algo vai ter sido levado”, disse um funcionário que pediu para não ser identificado.

Segundo o major Marron, comandante do Batalhão de Policiamento Escolar (BPEsc), três casos foram registrados por câmeras do circuito de segurança do complexo estudantil, mas somente um deles conseguiu a imagem clara de um suspeito.

“Sabemos que é um homem que invade as escolas e desarma a bomba. Para fazer isso é preciso ter conhecimento por isso, com a imagem que temos, não será difícil descobrir quem fez”, informou o militar.

O comandante disse que está agendada uma reunião para a próxima terça (22) com a Polícia Militar e diretores de escolas que ficam no CEAGB para discutir melhorias na segurança.

“Uma das coisas discutidas será o aviso imediato à polícia desse tipo de ocorrência. Se tivéssemos sabendo logo que houve um arrombamento sexta, os outros poderiam ter sido evitados”, afirmou o major, ao ressaltar que existe uma base da polícia no local com rondas permanentes.

 Congestionamento comçou na porta do Cepa e já se extende pela Avenida Fernandes Lima. (Foto: Natália Souza/G1)

CEAGB, maior complexo educacional do estado, reúne diversas escolas estaduais (Foto: Natália Souza/G1)

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com