quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Notícias

In:

Conselho enfatiza interesse do Estado em revitalizar o rio São Francisco

Por Redação com Agência Alagoas
Imponência do Rio São Francisco e sua recuperação ganhou espaço no conselho e revitalização será cobrada. Foto: Sergio Fecuri/Arquivo

Imponência do Rio São Francisco e sua recuperação ganhou espaço no conselho e revitalização será cobrada. Foto: Sergio Fecuri/Arquivo

O Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH) realizou, na manhã desta terça-feira (25), sua última sessão do ano. Os trabalhos foram presididos pelo secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Alexandre Ayres, e contou com a participação de instituições como Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e Ministério Público Estadual de Alagoas (MP/AL), além dos demais integrantes do conselho. O destino do rio São Francisco esteve em pauta.

A abertura dos trabalhos contou com a apresentação dos resultados e metas do Progestão, que é um acordo firmado entre o Estado de Alagoas e a Agência Nacional de Águas (ANA). O geólogo da Semarh, Wilton Malta, foi o responsável em apresentar a expectativa do programa para 2017.

“O Progestão tem um trabalho importante na busca incessante do Governo do Estado em aprimorar a gestão dos recursos hídricos. Para isso, a Semarh mantém o seu planejamento para executar ações que ampliem o abastecimento de água nos municípios”, explicou Wilton Rocha.

Posteriormente à fala do geólogo, o secretário deu andamento a sessão e definiu junto aos demais conselheiros, a reestruturação do Grupo de Trabalho do Conselho Estadual de Recursos Hídricos para dar prosseguimentos aos debates acerca da pauta hídrica nas regiões de Alagoas.

Antes de encerrar os trabalhos, outro ponto de discussão foi o Plano de Revitalização do Rio São Francisco. O secretário Alexandre Ayres aproveitou a oportunidade para recordar que representantes do Ministério do Meio Ambiente estiveram em Alagoas para apresentar a retomada do Plano “Velho Chico”.

“Em contato com o Ministério do Meio Ambiente, o governo [estadual] defendeu a revitalização do Rio São Francisco e apontou os prejuízos sofridos pelos moradores do município de Piaçabuçu que estão sofrendo com a salinização da água”, reforçou o secretário.

Os conselheiros voltam a se reunir em 2017. A data ainda será definida e comunicada ao CERH.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com