quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Notícias

In:

Alagoas apresenta projetos na maior mostra científica da América Latina

Por Redação com Agência Alagoas
Escolas Izaura Antônia de Lisboa e Nossa Senhora da  Conceição representam rede estadual na Mostratec, que acontece até o dia 28 com a participação de 21 países. Fotos: Valdir Rocha e Acervo 5ª Gere

Escolas Izaura Antônia de Lisboa e Nossa Senhora da Conceição representam rede estadual na Mostratec, que acontece até o dia 28 com a participação de 21 países. Fotos: Valdir Rocha e Acervo 5ª Gere

As escolas estaduais Izaura Antônia de Lisboa, de Arapiraca, e Nossa Senhora da Conceição, de Lagoa da Canoa, participam, até esta sexta-feira (28), da 31ª edição da Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), que acontece em Novo Hamburgo (RS).

Considerada a maior mostra do gênero da América Latina, a Mostratec conta com a exposição de 650 projetos científicos desenvolvidos por jovens cientistas do Brasil e outros 20 países: Argentina, Bósnia e Herzegovina, Cazaquistão, Chile, China, Colômbia, Dinamarca, Espanha, EUA, Holanda, Índia, Indonésia, Itália, México, Paraguai, Peru, Portugal, Tunísia, Turquia e Uruguai.

Na ocasião, os alagoanos apresentarão os seguintes trabalhos: o uso da farinha de jenipapo para o tratamento da anemia, da Escola Nossa Senhora da Conceição; o potencial inseticida dos extratos a base de comigo ninguém pode para controlar baratas urbanas e o desenvolvimento de unguento natural a partir do mentrasto para o tratamento da artrite reumatoide – os dois últimos da Escola Izaura Antônia de Lisboa.

Todos os trabalhos são consequência de demandas encontradas pelos alunos em suas comunidades.

“Ter projetos escolhidos para uma feira deste porte mostra o potencial e qualidade dos trabalhos desenvolvidos pelos nossos alunos. Esta é a sexta edição da qual participamos e, a cada ano, aprendemos coisas, saímos mais amadurecidos”, avalia a coordenadora dos projetos, Nadja Alves.

A gerente da 5ª Gere, Luzia da Conceição, também aponta os benefícios da participação dos alunos no evento.

“A presença dos nossos estudantes na Mostratec eleva o nome do nosso estado e mostra que temos um ensino público de qualidade, profissionais comprometidos e alunos esforçados. E estamos no caminho certo”, afirma gerente.

Outras premiações – Em setembro, os projetos sobre a atividade larvicida dos extratos do alecrim e do Melão de São Caetano para controle do mosquito Aedes aegypti (Escola Izaura Antônia de Lisboa) e sobre o uso da farinha de jenipapo (Escola Nossa Senhora da Conceição) foram, respectivamente, 2º e 3º lugares na categoria Ciências Biológicas da Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia (Fenecit), em Recife.

Este mês, a Escola Izaura Antônia de Lisboa sediou a sua Mostra Científica de Inovação e Tecnologia (Mocitepial). Deste evento, três projetos foram selecionados para Feira de Ciências do Estado de Alagoas (Feceal): “Cidade Sustentável”, da Escola Estadual Manoel André, de Arapiraca; “Análise da Inserção de Fibras Naturais de Coco e Cana-de-Açúcar na Produção de Bioplástico a partir do Amido de Batata”, da Escola Nossa Senhora da Conceição de Lagoa da Canoa e “Produção de Pomada a partir de Espécies Vegetais para Tratamento de Lesões Cutâneas Contraídas por Portadores de Diabetes”, da Escola Izaura Antônia de Lisboa.

A Feceal será um dos eventos que integrarão a programação do I Encontro Estudantil da Rede Estadual de Alagoas, que ocorre de 23 a 25 de novembro.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com