quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Notícias

In:

Novos gerentes regionais de Educação serão selecionados pelo desempenho no Ideb

Por Redação com Agência Alagoas
Diretores, sejam da rede municipal ou estadual, com melhor resultado no Ideb, serão chamados para entrevista (Foto: Valdir Rocha)

Diretores, sejam da rede municipal ou estadual, com melhor resultado no Ideb, serão chamados para entrevista (Foto: Valdir Rocha)

No caminho por uma nova Alagoas, a seleção dos 13 novos gerentes regionais de Educação, que assumirão os cargos a partir de janeiro de 2017, será novamente pelo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). As Gerências Regionais representam a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) nas microrregiões de Alagoas. Cabe ao gerente, administrar as escolas estaduais da sua jurisdição e ainda promover a articulação com as redes municipais.

Para o vice-governador e secretário da Educação, Luciano Barbosa, a escolha dos gerentes regionais por meritocracia se mostrou acertada. “Todos os atuais gerentes colaboraram enormemente com os avanços que nós tivemos na Educação e levaram suas experiências do chão da escola com a secretaria. O Estado de Alagoas será eternamente grato a esses valorosos educadores que ainda vão contribuir muito na melhoria da qualidade da educação dos nossos jovens”, diz Barbosa.

Luciano Barbosa afirma ainda que “antes, os chamados coordenadores regionais eram indicados por políticos da região e passavam 15 anos ou até mais, exercendo o mesmo cargo”.
Os diretores, sejam da rede municipal ou estadual, com melhor resultado no Ideb, serão chamados para entrevista. Vale ressaltar que será levado em consideração a experiência como gestor e a capacidade de articulação junto aos municípios. O mandato é de dois anos, mesmo período em que os resultados do Ideb são divulgados.

Regionais – Desde o início da gestão Renan Filho, as gerências regionais foram reordenadas. A rede pública estadual em Maceió, que até então era atendida por quatro coordenadorias, agora, conta com duas Geres: a 1ª, responde por 52 escolas da Baixa Maceió, Jacintinho, Feitosa, Barro Duro, Sítio São Jorge, Ponta da Terra, Poço, Jaraguá, Jatiúca, Pajuçara, Santo Eduardo, Ipioca, Garça Torta e os municípios de Marechal Deodoro e Paripueira. Já a 13ª Gere, contempla 55 unidades de ensino na parte alta da cidade (Benedito Bentes e Tabuleiro do Martins), Bebedouro e as escolas do Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa).

A região Agreste continua sendo atendida pela 3ª e 5ª gerências, com sede, respectivamente, em Palmeira dos Índios e Arapiraca. O Sertão alagoano conta com três representações: a 6ª, com sede em Santana do Ipanema; a 8ª, com sede em Pão de Açúcar e a 11ª, em Piranhas.

Com sede em Porto Calvo, a 10ª Gere abrange todo o Litoral Norte, contemplando a faixa litorânea da Barra de Santo Antônio até Maragogi, enquanto Penedo, sede da 9ª Gere, atenderá toda a região Sul e do Baixo São Francisco. Por fim, caberá à 12ª Gere acompanhar as escolas de Rio Largo e municípios vizinhos (Satuba, Pilar, Messias, Santa Luzia do Norte, Coqueiro Seco).

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com