quarta-feira, 24 de julho de 2019

Notícias

In:

“Temos muitas variáveis para levantar a cabeça”

Por Redação com CBF
(Foto: Ricardo Stuckert / CBF)

(Foto: Ricardo Stuckert / CBF)

Perder é difícil e ter a capacidade de se reerguer é ainda mais. É isso que a Seleção Brasileira Feminina está fazendo, usando todas as energias positivas recebidas dos familiares e dos milhares de brasileiros para ir com tudo para a disputa da medalha de bronze dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

– O dia de ontem foi muito crítico. Mas hoje já conseguimos perceber uma reação boa das atletas – analisou o técnico Vadão.

Na noite desta quinta-feira (18), como é feito em toda a véspera de jogo, a comissão técnica e as jogadoras têm reunião. Na de hoje, além de passarem as informações sobre o Canadá, adversário do jogo decisivo, outro tema abordado será a importância da medalha de bronze.

– Temos recebido muito suporte do público e da imprensa que têm nos dado força nessa trajetória. O acolhimento tem sido maravilhoso. Mas é claro que aumenta a nossa responsabilidade, só que temos que usar isso da melhor maneira. Temos que pensar no nosso país, no carinho e no compromisso com a nossa torcida. Temos muitas variáveis para levantar a cabeça – disse o treinador.

O técnico Vadão não confirmou a escalação, mas disse que a Cristiane joga. Em relação à Fabiana, a lateral fez um teste hoje e não sentiu dor. Segundo o treinador, se isso permanecer até a manhã desta sexta (19), ela também começará jogando. O confronto contra o Canadá é às 13h, na Arena Corinthians, em São Paulo

– À noite completaremos o trabalho e, amanhã (sexta), estaremos prontos para enfrentar o Canadá. É um jogo muito importante para nós. Respeitamos muito o Canadá, que é uma equipe muito forte – avaliou Vadão.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com