sábado, 07 de dezembro de 2019

Notícias

In:

Polícia Civil amplia critérios de metas de produtividade em delegacias

Por Redação com Agência Alagoas
Medida visa valorizar o trabalho dos delegados, agentes e escrivães da Polícia Civil em Alagoas. (Foto: Agência Alagoas)

Medida visa valorizar o trabalho dos delegados, agentes e escrivães da Polícia Civil em Alagoas. (Foto: Agência Alagoas)

O Conselho Superior da Polícia Civil de Alagoas (Consupoc) publicou, na edição desta terça-feira (2) do Diário Oficial do Estado (DOE), Instrução Normativa que determina metas mensais de produtividade para suas unidades policiais.

 

A instrução teve aprovação unânime dos membros do Consupoc e deverá ser seguida por todas as Delegacias de Polícia do Estado, com exceção da Direção-Geral, Corregedoria-Geral de Polícia e das unidades que trabalham exclusivamente em regime de plantão.

 

Caberá à Corregedoria-Geral de Polícia, conforme o documento, extrair mensalmente do sistema de informações policiais uma planilha com as metas estabelecidas, em razão do quantitativo de conclusão dos procedimentos elencados, a partir do dia primeiro até o último dia de cada mês.

 

A instrução determina que vão servir de parâmetros para a meta o inquérito policial ou investigação social mediante flagrante, inquérito policial ou investigação social mediante portaria, encerrado com autoria, inquérito policial ou investigação social mediante portaria, encerrado sem autoria, Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC), cumprimento de mandado de prisão de réu solto, cumprimento de mandado de busca e apreensão e cumprimento de requisição do Ministério Público ou do Poder Judiciário.

 

O Consupoc definiu que nas delegacias onde houver mais de um delegado, a meta deverá ser igualmente dividida entre as respectivas autoridades policiais e suas equipes. A meta será válida pelo período de três meses e, depois disso, deverá ser reavaliada.

 

O descumprimento injustificado da Instrução Normativa acarretará a prática da transgressão disciplinar, devendo o delegado-geral Paulo Cerqueira e o corregedor-geral da Polícia Civil, Osvaldo Nunes, comunicarem o fato ao Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg), para as providências necessárias.

 

De acordo com a delegada-geral adjunta, Kátia Emanuelly, “o objetivo da medida é valorizar ainda mais o trabalho dos delegados, agentes e escrivães da Polícia Civil, além de incentivar o esclarecimento das infrações penais em Alagoas. Anteriormente, havia apenas um critério a ser obedecido; agora, este número foi ampliado”, disse a delegada.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com