quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Notícias

In:

Equipe discute medidas para coibir invasão de coral-sol em Alagoas

Por Redação com Agência Alagoas
Originário das Ilhas Galápagos, coral-sol representa uma grave ameaça à vida marinha Originário das Ilhas Galápagos, coral-sol representa uma grave ameaça à vida marinha. Gigi Courau/AquaA3

Originário das Ilhas Galápagos, coral-sol representa uma grave ameaça à vida marinha
Originário das Ilhas Galápagos, coral-sol representa uma grave ameaça à vida marinha. Gigi Courau/AquaA3

A equipe do Gerenciamento Costeiro do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA-AL) participou, nesta quarta-feira (17), de uma reunião técnica para debater medidas de prevenção e controle da invasão do coral-sol na costa alagoana.

Segundo Juliano Fritscher, biólogo consultor do IMA, a maior preocupação é que, uma vez inserido na costa de Alagoas, o coral-sol pode colocar em risco outras espécies existentes no Estado, causar sérios danos à biodiversidade marinha e ainda provocar impactos graves, como a destruição de bancos recifais e consequente aceleração do avanço do mar.

Para evitar que a espécie chegue à costa alagoana, um grupo formado por representantes de órgãos ambientais e de fiscalização vem realizando ações preventivas em navios-sonda e plataformas de petróleo que chegam ao Estado.

Além do IMA e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), fazem parte do grupo representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Ambientalistas vistoriam navios atracados no Porto de Maceió, principais responsáveis pela introdução da espécie na costa brasileira (Foto: Ascom/IMA)

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com