segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Notícias

In:

Clube egípcio rescinde contrato de jogador por ele ser portador do vírus HIV

Por Redação com Yahoo

moreno

(Foto:Divulgação)

(Foto:Divulgação)

O atacante camaronês Samuel Nlend estava animado no Egito, onde havia acabado de assinar contrato com o Al Ittihad. Porém, o que ele não esperava era rescisão do contrato apenas quatro dias depois. E o motivo foi médico: ficou provado nos testes que ele é portador do vírus HIV.

O jogador de 21 anos atuava no Union Douala, atual vice-campeão camaronês. O site local KingFut.com criticou a forma como o jogador foi exposto.

“As notícias do teste positivo do HIV foram confirmadas pelo porta-voz do Al Ittihad, que expôs imagens dos resultados das provas e fez o anúncio oficial. O jogador se encontra atualmente em situação complicada depois do clube ter dado publicidade à situação, já que possivelmente a notícia afetará o futuro do jogador para conseguir uma nova equipe”, escreveu o site.

O jovem atacante é visto como uma grande promessa do futebol camaronês. Ele já fez cinco jogos pela seleção de seu país e marcou um gol na vitória de 3 a 1 contra a República Democrática do Congo na Copa das Nações Africanas deste ano.

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com