terça-feira, 23 de julho de 2019

Notícias

In:

Casa de Direitos inicia segundo semestre com aumento de 150% nos atendimentos

Por Redação com Agência Alagoas
Com foco na cidadania, Casa de Direitos, no Jacintinho, teve aumento de 150% nos atendimentos . (Foto: Adaílson Calheiros)

Com foco na cidadania, Casa de Direitos, no Jacintinho, teve aumento de 150% nos atendimentos . (Foto: Adaílson Calheiros)

A Casa de Direitos, localizada no bairro do Jacintinho, em Maceió, iniciou o segundo semestre com aumento de mais de 150% nos atendimentos, comparado ao mesmo período de 2015. O crescimento das tarefas oferecidas pela instituição, coordenada pela Secretaria Estadual de Prevenção à Violência (Seprev), deve-se à divulgação dos serviços e à parceria com diversos órgãos.

 

No mês de julho, a Casa de Direitos registrou 483 atendimentos. Relacionados com os números no mesmo mês do ano anterior, 190, houve um crescimento de 154%. De acordo com o titular da Seprev, Jardel Aderico, o motivo do aumento constante é devido à aproximação dos serviços oferecidos à comunidade e diversos órgãos no mesmo local.

 

“Estamos notando o aumento dos atendimentos na Casa de Direitos a cada mês. Em julho esse crescimento foi por causa da divulgação nas escolas, aos serviços do Núcleo da Justiça Comunitária e à chegada do Instituto de Identificação no local”, explicou o titular da pasta.

 

O Núcleo da Justiça Comunitária foi criado por meio do convênio com o Ministério da Justiça, que apenas no início do segundo semestre de 2016 atendeu mais de 280 pessoas.

 

Segundo o gerente de Acesso à Justiça e Cidadania da Seprev, José Américo Dias, em apenas um mês de instalação do posto, o Instituto de Identificação registrou 91 atendimentos. “Mesmo com pouco tempo na Casa, o órgão auxiliou bastante a comunidade, emitindo a 1ª e 2ª vias do documento de identidade”, disse.

 

Com o propósito de gerar inclusão social, a Casa de Direitos colabora para a redução de violência no bairro do Jacintinho e região, oferecendo serviços e estimulando a cultura da paz por meio de técnicas de mediação de conflitos.

 

Os serviços disponibilizados são do Procon, da Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego, da Defensoria Pública Estadual e da União, do Tribunal de Justiça, da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen) e da Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (Anoreg) e do Instituto de Identificação A Casa funciona de segunda a sexta-feira, das 8:00 às 17h.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com