sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Notícias

In:

Aplicativo do IMA tem mais de 5 mil downloads em menos de três meses

Por Redação Com Agência Alagoas
Fiscais do IMA já atenderam 69 denúncias através do aplicativo, sendo que 55 delas tiveram processos administrativos abertos. (Foto: Divulgação)

Fiscais do IMA já atenderam 69 denúncias através do aplicativo, sendo que 55 delas tiveram processos administrativos abertos. (Foto: Divulgação)

Desmatamento, lançamento de esgoto sem tratamento, disposição irregular de resíduos sólidos e comércio clandestino de animais silvestres são algumas das denúncias enviadas pelos usuários do aplicativo IMA Denuncie, desde que foi lançado, em outubro de 2015, para os sistemas Android e IOs.

Segundo Ermi Ferrari, gerente de Monitoramento e Fiscalização do Instituto do Meio Ambiente (IMA), o aplicativo recebe cerca de 200 denúncias por mês. “Antes de lançarmos o aplicativo, recebíamos, em média, 23 denúncias por mês, por meio do Canal Verde”, afirmou.

O gerente ainda explicou que os técnicos realizam uma triagem das denúncias que, em sua maioria, são feitas em Maceió. “Nesse caso, a fiscalização fica por conta da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente. Então encaminhamos essas denúncias para os setores responsáveis.”

De acordo com Ferrari, os fiscais do IMA já atenderam 69 denúncias feitas através do aplicativo, sendo que 55 delas tiveram processos administrativos abertos, dos quais 14 não procediam.

“O aplicativo facilita a comunicação da população com o órgão, por isso esse aumento de denúncias”. Ferrari contou ainda que as denúncias são anônimas e que os usuários do serviço podem identificar o tipo de irregularidade, descrever, colocar ponto de referência, endereço e foto do local da denúncia.

O APP está disponível para download em aparelhos que operam com os sistemas Android e IOs. Além do IMA Denuncie, as pessoas também podem entrar em contato com o órgão através de outros canais de comunicação, como as redes sociais, o site e o canal verde 0800 082 1523.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com