sábado, 25 de Maio de 2019

Notícias

In:

Arapiraca: Município segue no combate total ao mosquito da dengue

Por Ascom Arapiraca
(Foto: Ascom Arapiraca)

(Foto: Ascom Arapiraca)

Após três grandes mutirões em Arapiraca, o trabalho ainda é contínuo por parte dos agentes de endemias. Eles estão percorrendo novamente os bairros da cidade à procura de focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus.

O combate ao Aedes aegypti, segundo eles, deve ser efetivo e diário. O quintal de todas as residências estão sendo averiguados a fim de o inseto não proliferar.

Neste mês de dezembro, houve um decreto judicial para a visita destes agentes a 4,5 mil casas fechadas e/ou abandonadas no município.

“O mais importante é a mudança de atitude na população. E o que estamos vendo após as orientações das últimas ações é que as pessoas têm colaborado bastante com esta guerra contra o mosquito, que tem que ser de todos nós”, comenta o secretário Municipal de Saúde (SMS), Ubiratan Pedrosa.

Nesta segunda-feira (28), houve mutirão no bairro Cavaco. E ele deve seguir nas adjacências nos próximos dias.

Veja algumas dicas para não deixar o mosquito nascer:

➡ Evitar água parada;
➡ Sempre que possível, esvaziar e escovar as paredes internas de recipientes que acumulam água;
➡ Manter totalmente fechadas cisternas, caixas d’água e reservatórios provisórios, como tambores e barris;
➡ Furar pneus e guardá-los em locais protegidos das chuvas;
➡ Guardar latas e garrafas emborcadas para não reterem água;
➡ Limpar periodicamente calhas de telhados, marquises e rebaixos de banheiros e cozinhas, não permitindo o acúmulo de água;
➡ Jogar, de 15 em 15 dias, desinfetante nos ralos externos das edificações e nos internos pouco utilizados;
➡ Drenar terrenos onde ocorra formação de poças;
➡ Não acumular latas, pneus e garrafas;
➡ Encher com areia ou pó de pedra poços desativados ou depressões de terreno;
➡ Manter fossas sépticas em perfeito estado de conservação e funcionamento;
➡ Não despejar lixo em valas, valetas, margens de córregos e riachos, mantendo-os desobstruídos;
➡ Manter permanentemente secos, subsolos e garagens;
➡ Não cultivar plantas aquáticas.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com