quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Notícias

In:

Professor da rede estadual participará do revezamento da tocha olimpica

Por Redação com Agência Alagoas
Professor Ricardo Sérgio, da Escola Estadual Theonilo Gama, representará Alagoas e o Nordeste no revezamento da tocha olímpica  (Foto Pedro Schurig/ Agencia Approach)

Professor Ricardo Sérgio, da Escola Estadual Theonilo Gama, representará Alagoas e o Nordeste no revezamento da tocha olímpica
(Foto Pedro Schurig/ Agencia Approach)

Um professor da rede estadual de Alagoas representará a Região Nordeste no revezamento da tocha olímpica. Ricardo Sergio Santos, professor de judô da Escola Estadual Theonilo Gama, do Jacintinho.

A informação foi divulgada durante os Jogos Escolares da Juventude (JEJ), que acontecem em Londrina ate o dia 22.

Sérgio e outros quatro atletas dos JEJ – Victória Nieradka, atleta de atletismo paranaense pelo sul, Pedro Henrique Nunes, atleta amazonense de arremesso de dardo pelo norte, a judoca goiana Luiza Alves pelo Centro-Oeste e o nadador fluminense Lucas Gomes pelo sudeste -, foram indicados pela Coca-Cola como condutores da tocha. Na ocasião, Santos e os estudantes atletas também conheceram o nadador Leonardo de Deus, que também vai conduzir a tocha olímpica em 2016.

Sérgio foi escolhido em virtude do seu projeto de judô na Escola Estadual Theonilo Gama, que, além de descobrir talentos para o esporte, transformou a vida de vários jovens do Jacintinho, ensinando-lhes valores e cidadania.

Heptacampeã dos Jogos Estudantis de Alagoas (Jeal), a escola possui o projeto voltado para este esporte desde 2006, sendo referência na formação e descoberta de talentos alagoanos. Um de seus ex-alunos, Gabriel Gomes da Rocha, integra a seleção brasileira de judô desde dezembro de 2014, tendo chances de participar das Olimpíadas de 2016.

Esporte e cidadania 

No entanto, o alcance do programa vai além dos tatames.“ A meta do nosso programa é fazer do judô uma ação interdisciplinar, com uma contribuição pedagógica e servindo também como instrumento educativo e social que promove o exercício da cidadania. Aqui formamos não apenas atletas, mas cidadãos”, afirma Sérgio.

Em relação ao fato de ter sido escolhido para o revezamento, Ricardo Sérgio não esconde a emoção. “Não tenho palavras para descrever, pois é uma satisfação enorme já que representa um momento histórico e simbólico a abertura do maior evento esportivo do mundo. O mais gratificante é que isso foi motivado pela trajetória do projeto judô da Theonilo Gama, que forma cidadãos e atletas. Nada como comemorar os dez anos de existência do projeto neste momento tão singular”, completa o professor.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com