terça-feira, 16 de julho de 2019

Notícias

In:

Defesa pede ao STF liberdade de Marcelo Odebrecht

Por Redação com Agência Brasil
Marcelo Odebrecht está preso em Curitiba desde junho (Worldsteel)

Marcelo Odebrecht está preso em Curitiba desde junho (Worldsteel)

A defesa de Marcelo Odebrecht, preso na Operação Lava Jato, pediu ontem (20) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a liberdade do empreiteiro. Os advogados aproveitaram decisões recentes que libertaram ex-executivos da empresa para pedir o mesmo benefício. Marcelo está preso desde junho em um presídio na região metropolitana de Curitiba.

Ontem (19), o juiz Sérgio Moro, da 13ª Federal em Curitiba, aceitou a segunda denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o empreiteiro e mais cinco investigados na Lava
Jato.

Na mesma decisão, Moro decretou a terceira prisão preventiva do empreiteiro por considerar significativos documentos da Suíça apresentados pela acusação, que demonstram a movimentação de contas da Odebrecht para ex-dirigentes da estatal.

O advogado de Marcelo Odebrecht, Narbor Bulhões,  argumentou que a decretação de nova prisão foi ato arbitrário do juiz Sergio Moro. “O requerente pede socorro! A rigidez do sistema pede socorro! o Estado Democrático  de Direito pede socorro. E do Supremo Tribunal Federal espera-se a concessão de habeas corpus de ofício para cassar o terceiro mandado de prisão preventiva”, disse Bulhões.

De acordo com a denúncia apresentada pelo MPF, Marcelo está envolvido diretamente no esquema de pagamento de propina a ex-dirigentes da Petrobras e atuava orientando as atividades dos demais acusados ligados à empreiteira.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com