quarta-feira, 19 de junho de 2019

Notícias

In:

Entidades discutem panorama de ovinocaprinocultura em Alagoas

Por Ivan1
O segmento traz para o estado inúmeros benefícios e a adoção de uma estratégia mais comercial pode dar melhores oportunidades para os produtores (Foto: Divulgação)

O segmento traz para o estado inúmeros benefícios e a adoção de uma estratégia mais comercial pode dar melhores oportunidades para os produtores (Foto: Divulgação)

Representantes de vários setores da ovinocaprinocultura no Estado se reuniram, na manhã desta segunda-feira (6), no auditório do campus da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), na cidade de Delmiro Gouveia, para debater o panorama do setor. Na ocasião, a integração dos produtores e todo setor público que dá assistência à cadeia também esteve entre as pautas.
O encontro, organizado pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa), também teve apoio do Arranjo Produtivo Local (APL) Ovinocaprinocultura no Sertão. A reunião surgiu para discutir projetos, programas e pesquisas para ampliação e fortalecimento da atividade em todo sertão alagoano.
O suporte dado pelo Governo de Alagoas aos criadores de ovinos e caprinos tem papel fundamental para a estruturação da atividade. O segmento traz para o estado inúmeros benefícios e a adoção de uma estratégia mais comercial pode dar melhores oportunidades para os produtores.
Para a diretora de APLs e Cadeias produtivas da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Alexsandra Barreto, o crescimento da ovinocaprinocultura depende, em parte, do modelo adotado pela governança para trabalhar os inúmeros desafios enfrentados pelos produtores.
O APL Ovinocparinocultura faz parte do Programa de Arranjos Produtivos Locais de Alagoas (PAPL), coordenado pela Sedetur e pelo Sebrae.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com