sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Notícias

In:

Indústria de papel estuda instalação de nova unidade em Alagoas

Empresários da Mili S.A. desejam expandir o negócio para todo o Nordeste com os produtos fabricados aqui em Alagoas

Empresários da Mili S.A. desejam expandir o negócio para todo o Nordeste com os produtos fabricados aqui em Alagoas

A secretária de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Poliana Santana, recebeu o representante da empresa catarinense Mili S.A., Daniel Signori, para tratar da possível instalação de uma nova unidade fabril em Alagoas. O encontro ocorreu na Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), na última quarta-feira (05).
Em 2008, o grupo instalou uma fábrica no Polo Multissetorial Luiz Cavalcante, no Tabuleiro dos Martins, onde funciona também uma das centrais de distribuição de seus produtos para o mercado do Nordeste. Considerada uma das maiores fabricantes do setor de higiene e limpeza, a Mili S.A é especializada na produção de papéis higiênicos, toalhas de papel, guardanapos, fraldas descartáveis e absorventes.
“Diferente da primeira fábrica, que produz apenas papel higiênico de folha simples, essa nova unidade fabricará também toalhas de papel e guardanapos. Desejamos, com isso, expandir nosso negócio para todo Nordeste, além de futuramente atender a região Centro-Oeste e Sudeste com os produtos fabricados aqui em Alagoas”, projetou Daniel Signori.
Durante a reunião, a secretária Poliana Santana falou sobre o Programa de
Desenvolvimento Integrado do Estado de Alagoas (Prodesin), que tem por finalidade facilitar a instalação de indústrias em Alagoas por meio da concessão de incentivos.
“Temos todo interesse em conceder o incentivo locacional que o grupo precisa para instalar mais uma indústria no nosso Estado, assim como nos disponibilizamos na ocasião da implantação da primeira unidade. Para isso, estamos trabalhando junto com a equipe de transição de governo para garantirmos aos empresários e à sociedade a continuidade dos investimentos realizados na captação de novos negócios para Alagoas”, declarou.
Poliana lembrou ainda que a fábrica da Mili S.A. instalada em Alagoas, em 2008, foi a primeira das mais de 100 indústrias incentivadas pela atual gestão do Governo de Alagoas. “Em menos de oito anos, o governo estadual investiu mais do que as gestões anteriores nos últimos 30 anos. Essa é a maior prova do compromisso que o atual governo teve com o desenvolvimento econômico do Estado e a população alagoana”, ressaltou.
Cerca de R$ 250 milhões devem ser investidos na nova unidade da Mili S.A., que ocupará um terreno de 160 mil m², com 64 mil m² de área construída. A empresa prevê a criação de mais 130 novos empregos, além dos 70 funcionários já recrutados pela primeira fábrica. Incialmente, a produção será de 120 toneladas por dia, com projeção de dobrar a quantidade nos primeiros anos.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com