domingo, 23 de setembro de 2018

Notícias

In:

AL é destaque nacional na disponibilização de dados geoespaciais

Trabalho apresentado pela Seplande rendeu reconhecimento nacional em Brasília (Foto: Ascom Seplande)

Trabalho apresentado pela Seplande rendeu reconhecimento nacional em Brasília (Foto: Ascom Seplande)

O uso da geotecnologia na produção de dados e informações oficiais sobre Alagoas, produzida pela Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), conquista novo destaque. Na última terça-feira (25), o órgão participou da primeira Reunião de Gestores de Nós da Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (Inde), realizada na Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), em Brasília.
Na ocasião, a Seplande, por meio da Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (Sinc), foi reconhecida como instituição melhor estruturada para aderir à Inde como “nó próprio”, ou seja, um servidor de dados geoespacial montado na própria secretaria que vai ser acessado pelo servidor do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O reconhecimento é fruto do trabalho elaborado em respeito à Lei de Acesso a Informação, que promove maior transparência e participação da sociedade nas ações da administração pública. Atualmente, Alagoas já está em processo de adesão à Inde, onde todos os dados geoespaciais coletados pela Seplande serão disponibilizados e visualizados em nível nacional.
“Possuímos uma estrutura já elaborada de forma aberta, cumprindo a lei de acesso e seguindo à risca o objetivo de tornar pública a informação de interesse social. Por já adotarmos essa política, utilizada pela Inde, é que estamos sendo reconhecidos”, ressaltou Lucas Cavalcante.
Ainda durante a reunião, ficou determinada a criação de um Comitê da Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (Cinde), onde Alagoas atuará com voz ativa nas decisões de divulgação das informações.
“Essa parceria representa um avanço. Alavancamos em relação à estrutura e hoje estamos sendo reconhecidos com uma das melhores em termos de produção. Isso abre as portas para o Estado e fortalece o crescimento no cenário Nacional”, ressaltou Lucas Cavalcante.

 Inde

A Inde nasce com o propósito de catalogar, integrar e harmonizar dados geoespaciais existentes nas instituições do governo brasileiro. Dessa forma, os dados precisam ser facilmente localizados, explorados e acessados, para os mais diversos usos e por qualquer cliente que tenha acesso à Internet.
A disponibilização de dados, metadados e informações geoespaciais é viabilizada pela utilização de protocolos internacionais, públicos, que permitem o acesso de forma simples e integrada, sem necessidade de conhecimento especializado.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com