domingo, 18 de agosto de 2019

Notícias

In:

Papa pede atuação adequada da comunidade internacional contra Estado Islâmico

Por Ivan1

   papafraO papa Francisco disse hoje (20) que os atos dos jihadistas do movimento Estado Islâmico (EI) são um “terrorismo de dimensões antes inimagináveis” e pediu a “atuação adequada” da comunidade internacional.
“Estamos assistindo a um fenômeno de terrorismo de dimensões antes inimagináveis. Parece que se perdeu a consciência do valor da vida humana, que as pessoas não têm valor e que podem ser sacrificadas por outros interesses. E, tudo isto, lamentavelmente, diante da indiferença de muitos”, criticou.
O papa abriu, com esta declaração, o consistório de cardeais – reunião para dar assistência ao papa nas suas decisões – em que abordará a situação no Oriente Médio e o papel que a Igreja Católica pode desempenhar para promover a paz.
Diante da situação, “muito preocupante”, o papa pediu uma “resposta adequada” da comunidade internacional. “Estou seguro que, com a ajuda do Senhor, do encontro de hoje, emanarão reflexões e sugestões válidas para ajudar os nossos irmãos que sofrem e para acudir o drama da redução da presença cristã na terra onde nasceu e se difundiu o cristianismo”, destacou.
O papa recordou que a Igreja está unida no “desejo de paz e de estabilidade no Oriente Médio” e na “vontade de favorecer a resolução de conflitos mediante o diálogo, a reconciliação e o compromisso político”.
O pontífice já mostrou sua preocupação com a situação na Região Oriental do Mediterrâneo, onde os jihadistas do EI avançam com o objetivo de estabelecer um califado entre a Síria e o Iraque, sob as ordens de Abu Bakr Al Baghdadi.
Para conhecer a situação dos refugiados, Francisco enviou à região o prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, Fernando Filoni.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com