sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Notícias

In:

AL Cidadã capacitou mais de 4 mil pessoas para redução da pobreza

Pessoas das comunidades sendo capacitadas; abaixo, exposição do Programa Alagoas Cidadã: através da Desenvolve, projeto avança para reduzir pobreza no Estado (Fotos: Ascom Desenvolve)

Pessoas das comunidades sendo capacitadas; abaixo, exposição do Programa Alagoas Cidadã: através da Desenvolve, projeto avança para reduzir pobreza no Estado (Fotos: Ascom Desenvolve)

  Reduzir os índices de pobreza no Estado, além de retomar a autoestima de seus cidadãos por meio da inclusão no âmbito socioeconômico. Este é o objetivo do Programa de Redução da Pobreza em Alagoas – Alagoas Cidadã. Através do programa, a Desenvolve – Agência de Fomento de Alagoas beneficiou 4.800 pessoas entre os anos de 2009 e 2011.
Os resultados do programa alcançaram um número expressivo entre os empreendimentos apoiados: foram 752 ao todo. Além disso, promoveu 2.304 capacitações em educação financeira, proporcionando a elaboração de 336 planos de negócios. Todas estas ações beneficiaram as regiões do Sertão, da Bacia Leiteira, do Agreste, do Norte, do Sul e da Região Metropolitana, incluindo a capital Maceió.
O programa destinou um montante de R$2.822.800, sendo R$ 2.500.000 oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep) e R$ 322.800 da ONG Visão Mundial, com base na Metodologia de Grupo de Oportunidades Locais e Desenvolvimento (Gol.d), que incentiva o hábito da poupança.
O programa contou com a mobilização dos Agentes de Desenvolvimento de Grupos (ADGs), que são pessoas da própria comunidade contratadas e capacitadas pela ONG Visão Mundial para desenvolver a metodologia Gol.d nas comunidades atendidas. A metodologia vem sendo aplicada em comunidades de baixos índices de desenvolvimento humano (IDH).
A metodologia Gol.d tem o intuito de discutir os problemas e dificuldades financeiras de um grupo ou comunidade para fomentar e disseminar a importância do hábito da poupança. Cada comunidade é incentivada a criar grupos compostos por 10 a 20 pessoas que se reúnem para debater questões como ética e cidadania.
Os grupos formados nas comunidades criam um fundo comum, usado para gerar crédito entre os seus membros, que serve para solucionar problemas emergenciais e para a criação e desenvolvimento de micro empreendimentos, além de buscar coletivamente soluções para os problemas das comunidades através do apoio mútuo, da solidariedade e da troca de experiências.
De acordo com o diretor-presidente da Desenvolve, Antonio Carlos Quintiliano, as mais importantes características desses grupos é a autonomia gerada para os seus componentes. Quintiliano afirma ainda que dessa forma seus membros decidem quanto poupar, a prioridade do uso deste fundo comum e as regras de funcionamento dos grupos.
“Nesse contexto, a Desenvolve e a Visão Mundial auxiliam na organização dos indivíduos em grupos e facilitam o acesso à educação financeira e empreendedorismo”, pontua o diretor-presidente.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com