domingo, 23 de setembro de 2018

Notícias

In:

Provedoria do Hospital Santa Rita desmente em nota acusações de prefeito de Palmeira

roberto salgueiroA equipe do Sistema Nacional de Auditoria emitiu relatório informando das visitas técnicas realizadas no Hospital Regional Santa Rita e Maternidade Santa Olímpia, em Palmeira dos Índios, no dia 28 e 29 de julho de 2014. Segundo o relatório o principal objetivo da visita foi verificar informações divergentes no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS, no que diz respeito a execução do convênio firmado entre o município de Palmeira dos Índios, por meio da secretaria municipal e o hospital, onde são apontados os atrasos dos repasses ao hospital nos meses de abril e maio de 2014. Foi feito toda a análise das documentações que comprovassem as despesas e receitas na Unidade Hospitalar.

O Provedor do Hospital, Dr. Roberto Salgueiro, foi alvo de denúncias feitas pelo prefeito de Palmeira dos índios, que foi à várias rádios locais afirmando que deveria ser realizada uma auditoria para verificar onde estaria sendo usado o dinheiro que o hospital estava recebendo. Com isso, Salgueiro tomou a iniciativa de comprovar por meio da solicitação da Auditoria, que a prefeitura não está fazendo o repasse que foi firmado em convênio. Após o resultado emito por meio do relatório, Salgueiro enviou Nota de esclarecimento para a imprensa. Confira abaixo a Nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO HOSPITAL REGIONAL SANTA RITA

 

AUDITORIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ESCLARECE A VERDADE

O HOSPITAL REGIONAL SANTA RITA, vem a público prestar esclarecimentos em decorrência das afirmações proferidas pelo Prefeito de Palmeira dos Índios.

Inicialmente, é necessário esclarecer que o Hospital Santa Rita não recebe nenhuma ajuda financeira diretamente da Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios. Os recursos são enviados pelo Ministério da Saúde, ao Fundo Municipal de Saúde, e a Prefeitura é obrigada a repassar os recursos até o 5º dia útil após serem creditados.

Em decorrência das irregularidades nos repasses dos referidos recursos o Hospital Santa Rita passou a enfrentar diversos problemas financeiros, o que levou o Hospital a solicitar providências da Secretaria Estadual de Saúde por meio do Ofício n. 130/2014-PRV, protocolado no dia 26 de junho de 2014.

 Uma vez ciente do pleito a Secretaria Estadual de Saúde determinou a realização de uma Auditoria para apurar a veracidade dos fatos, gerando o Relatório de Visita Técnica n. 4883 do Departamento Nacional de Auditoria SUS, conforme documento anexo.

Na Auditoria, os Auditores do SUS constataram uma dívida da Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios com o Hospital Santa Rita no total de R$ 1.287.732,01 (um milhão, duzentos e oitenta e sete mil, setecentos e trinta e dois reais e um centavo) referentes aos meses de abril e maio de 2014.

 

Quanto à utilização dos recursos repassados obrigatoriamente ao Hospital Santa Rita, é importante dizer que o hospital realiza anualmente 75.000 consultas, 2.200 partos, 3.300 internações de clínica médica e pediatria, 1.700 cirurgias, 19.000 exames de radiologia, além de exames laboratoriais, internamentos em UTI Geral e Neonatal, mamografias, tomografias, ultrassonografias e hemodiálises totalizando 142.000 (Cento e quarenta e dois mil) atendimentos por ano.

O Hospital Santa Rita tem uma despesa mensal média de R$ 1.700.000,00 dos quais R$ 1.050.000,00 são utilizados no pagamento de seus 450 funcionários e médicos ficando os R$ 650.000,00 restantes para compra de medicamentos, material de limpeza, manutenção de equipamentos, lavanderia, refeições de pacientes e todos os demais itens essenciais ao pleno funcionamento da empresa.

A direção do Hospital Santa Rita não tem nada a esconder. A contabilidade desta instituição está inteiramente disponível aos interessados em consultá-la.

As ofensas pessoais dirigidas ao Provedor ou a qualquer funcionário serão solucionadas nas instâncias competentes.

O Hospital Santa Rita é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos que há 63 anos presta serviços à população de Palmeira dos Índios e região. O compromisso dos gestores, dos médicos e funcionários em geral é continuar atendendo a todos e lutando pelo Hospital Santa Rita, patrimônio do povo de Palmeira dos Índios.

LEIA MAIS NO JORNAL IMPRESSO TRIBUNA DO SERTÃO DESTA SEMANA.

Compartilhe:

Comente no Facebook

2 Comments

  • Antonio Pedro disse:

    QUEM SERÁ QUE ESTÁ MENTINDO??? UM DELES MERECE CRÉDITO?? O HOSPITAL HÁ ANOS VEM EM DECADÊNCIA. DIZEM QUE É FALTA DE DINHEIRO. DINHEIRO NÃO É PROBLEMA. FALTA APLICÁ-LO CORRETAMENTE. O PREFEITO ESTÁ ACABANDO NÃO SÓ COM O HOSPITAL, COMO TAMBÉM O MUNICIPIO. É DEPLORÁVEL A SITUAÇÃO DO HOSPITAL E DO MUNICIPIO. QUE ADMINISTRADORES NÓS TEMOS. VALE VOTAR EM ALGUÉM????? SÓ DECEPÇÃO.

  • José Antonio disse:

    Pra esse doutorzinho pode mandar 10 milhoes por mes que não dá, alooooo policia federal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com