terça-feira, 25 de junho de 2019

Notícias

In:

Esbanjando respeito, França e Suíça jogam pela liderança do Grupo E em Salvador

Por Ivan1

Seferovic (E) e Benzema: atacantes são as principais esperanças de gol de Suíça e França na Fonte Nova - Fotos: Getty Images

Seferovic (E) e Benzema: atacantes são as principais esperanças de gol de Suíça e França na Fonte Nova – Fotos: Getty Images

  França e Suíça entram em campo nesta sexta-feira (20.06), às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A partida válida pelo Grupo E da Copa do Mundo da FIFA 2014 será a terceira realizada na capital baiana. Se franceses e suíços mantiverem a escrita, a expectativa é de um jogo com muitos gols.
Em apenas dois confrontos na Fonte Nova, foram 10 gols anotados, uma impressionante média de cinco por partida. A estreia de Salvador na Copa foi com a goleada da Holanda sobre atual campeã Espanha por 5 x 1. Depois, foi a vez de a Alemanha atropelar Portugal de Cristiano Ronaldo por 4 x 0.
Nesta sexta, França e Suíça jogam pela liderança do Grupo E. Os franceses estrearam com boa vitória sobre Honduras, por 3 x 0, em Porto Alegre. Já os suíços começaram a campanha no Mundial com um emocionante triunfo por 2 x 1 sobre Equador, em Brasília, com um gol nos últimos minutos.
Nesta quinta-feira (19.06), as duas seleções estiveram na Arena Fonte Nova para realizar o último treino antes do confronto e conceder coletivas para a imprensa. O clima dos dois lados foi de mistério. Ambas as seleções liberaram apenas os 15 minutos iniciais para observação da imprensa. Os jornalistas só puderam ver os jogadores aquecendo até serem retirados do campo.
Vizinhos na Europa, os dois países mantiveram a diplomacia ao falar do jogo. O técnico da Suíça Ottmar Hitzfeld chegou a exagerar nos elogios. “Eles se comportam como uma máquina. Fizeram 21 gols nas seis últimas partidas. É um time que se reorganiza muito rápido. Temos que manter nossa filosofia agressiva e partir rápido da defesa para o ataque”, receitou o comandante suíço.
Pelo lado francês, Didier Deschamps foi mais ameno nos elogios e não quis apontar favoritismo para os adversários na partida, embora o ranking da FIFA os coloque na 6ª posição, contra a 17ª da França. “Não vou dizer que eles são favoritos, mas também não é a toa que estão em 6º no ranking. Vamos jogar contra um adversário de altíssima qualidade”, avaliou Deschamps.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com