quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Notícias

In:

Alagoas inicia campanha contra o vírus HPV na segunda-feira (10)

hpv_0A Campanha de vacinação contra HPV será realizada a partir de segunda-feira (10) em todo país. A ação será promovida pelo Ministério da Saúde em parceria com os governos estaduais e municipais. A campanha será realizada em todas as escolas de Alagoas (particulares e públicas), no período de 10 de março a 10 de abril, com o objetivo de imunizar adolescentes do sexo feminino entre 11 e 13 anos. A meta em Alagoas é vacinar 80% da população alvo, o que representa 82.411 meninas.
De acordo a gerente de Doenças Imunopreveníveis e Programa de Imunizações da Sesau, Denise Castro, com a vacinação, o Estado pretende prevenir a infecção pelo vírus HPV, que representa a segunda maior causa de morte por neoplasias entre mulheres no Brasil. A gerente explicou que durante o período da campanha os pais e responsáveis que não queiram que as adolescentes sejam imunizadas, irão assinar um termo assumindo total responsabilidade pela decisão. “É muito importante que todos entendam a importância da prevenção para o futuro e bem estar de suas filhas”, destacou Denise Castro.
A vacina HPV quadrivalente será administrada a partir de março também nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Denise Castro lembrou que as meninas que se encontrem fora do ambiente escolar devem procurar as UBS mais próximas para receber sua dose da vacina e que mesmo após o fim da campanha, que irá se concentrar nas escolas, a vacina estará disponibilizada nas unidades de saúde.
A gerente informou que o calendário programado pelo governo federal prevê que a implantação da vacina vai acontecer de forma gradual. “Em 2014, a população alvo da vacinação com a vacina HPV será composta por adolescentes do sexo feminino na faixa etária de 11 a 13 anos. Em 2015, serão vacinadas as adolescentes do sexo feminino na faixa etária de 9 a 11 anos e a partir de 2016, serão vacinadas a meninas de 9 anos de idade”.

Câncer do colo do útero – Devido à sua alta incidência e mortalidade, o câncer do colo do útero é um importante problema de saúde pública, especialmente nos países em desenvolvimento. Embora tenha alta incidência, este câncer apresenta forte potencial de prevenção e cura quando diagnosticado precocemente, seja por meio de consultas regulares ao ginecologista seja pela realização regular dos exames recomendados a partir dos 25 anos de idade. Entre as estratégias de prevenção mais utilizadas, além da detecção precoce, está à vacinação, o uso de preservativo e ações educativas.
Os HPV são vírus capazes de infectar a pele ou as mucosas. Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV, dos quais 40 podem infectar o trato genital. Destes, 12 são de alto risco e podem provocar câncer e outros podem causar verrugas genitais.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com