quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias

In:

Jornalista alagoano pego em blitz no DF tem dados pessoais divulgados

Por Ivan1

claudiohumbertoO jornalista Cláudio Humberto, diretor do jornal Metro Brasília, teve a carteira de habilitação apreendida em fiscalização do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran/DF) realizada na última quinta-feira, 23. Após ser abordado por agentes da equipe de operação, o profissional cedeu o documento, que estava com a validade expirada desde outubro de 2012.
Cláudio Humberto assina coluna sobre os bastidores da política (Imagem: Divulgação)
Em consulta ao sistema, foi constatado que o veículo conduzido pelo jornalista, um Mercedes de placa JDX-0770 registrado em nome de outra pessoa, tinha registro de débitos e circulava sem o licenciamento 2013. Diante das infrações, o carro e a CNH foram recolhidos.
Em nota divulgada à imprensa no último sábado, 25, o Detran/DF esclareceu que os débitos, referentes ao IPVA, seguro obrigatório e multas, já foram quitados e que não são relacionados ao jornalista que conduzia o carro no momento da blitz.
Com relação ao uso de tais imagens e dados, o Detran expõe que “adotará as necessárias providências para o esclarecimento do que for pertinente”. “Iniciativas isoladas e clandestinas, como retratadas em parcas comunicações eletrônicas, com pretendidas ofensas pessoais baseadas em dados distorcidos, não fazem parte dos valores e práticas da Administração Pública perpetrados no Departamento de Trânsito. Não coadunamos com condutas desviadas, não aceitamos o desrespeito às leis e aos regulamentos”.
A autarquia informou que vai adotar os procedimentos iniciais, com referência na Lei Complementar 840/2011, para apurar se houve infração disciplinar de algum servidor do órgão.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com