segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Acusados de tentar matar Cícero Ferro são condenados por juri de Maceió

Por Ivan1

1797562_600638830016364_1682084727_nO Conselho de Sentença do Tribunal do Júri de Maceió decidiu no final da tarde desta quinta-feira (27) pela condenação de três acusados de tentar matar o ex-deputado estadual Cícero Ferro, em janeiro de 2004, na cidade de Minador do Negrão. A sentença foi proferida pelo juiz Geraldo Amorim após dois dias de julgamento acatando decisão dos jurados.
O autor intelectual do crime Zé Nilton Ferro foi condenado a 11 anos, 11 meses e dez dias. Wagner Macedo cumprirá pena de 12 anos, 9 meses e dez dias. Já Wanderley Macedo foi condenado a 11 anos, 11 meses é 10 dias. Waldex Macedo, outro acusado, foi absolvido pelo júri.
1891032_600638763349704_160094704_nA acusação pugnou que o ex-deputado Cícero Ferro foi vítima de uma emboscada. Segundo depoimento do ex-parlamentar, o crime teria sido executado por 10 pessoas em dois veículos. Ele contou que foi “surpreendido em Minador do Negrão e perseguido por homens numa caminhonete, onde estavam Zé Nilton, Wanderley, Waldek e outras três pessoas e que, posteriormente, foi interceptado por um Fiesta, onde estavam Jackson e mais quatro pessoas”.
Raimundo Palmeira, advogado de defesa, disse que “houve confronto”, e não, “uma emboscada”. De acordo com o advogado dos réus, o primeiro tiro teria partido do carro em que estava Cícero Ferro.
“O que houve foi um confronto e, com toda certeza, o primeiro tiro não partiu do Zé Nilton. A família do réu vivia aterrorizada com os boatos de um possível atentado. Tanto que, após o ocorrido, quem saiu de Alagoas foram eles, e não Cícero Ferro”, disse.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com