terça-feira, 25 de setembro de 2018

Notícias

In:

Governo e Conselho de Segurança fortalecem parceria

Por Eloisa Brainer
jtnono

José Tomás Nonô

O governador em exercício, José Thomaz Nonô, reuniu-se, na tarde desta quinta-feira (12), com o Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg). A reunião aconteceu no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, onde o governador e os representantes do colegiado reafirmaram a parceria para a execução das ações de combate à criminalidade.
Thomaz Nonô explicou que o objetivo da reunião foi fortalecer a parceria entre o Conseg e os órgãos estaduais de segurança pública. “Atendi ao pedido do Conseg para debatermos questões importantes sobre a segurança pública do Estado. Tivemos uma semana intensa de combate à criminalidade e contamos com o apoio de diversos segmentos para o sucesso das operações”, disse.
O presidente do Conseg, Maurício Brêda, declarou que o colegiado é parceiro do Governo nos projetos da área de segurança. “Todos os membros são solidários nas ações de combate à violência. Consolidamos a integração de cada representante nos programas de segurança”, afirmou.
No encontro, foram discutidas melhorias para a estruturação das instituições policiais. Foram sugeridas operações de coordenação integrada efetivas e ostensivas. “A determinação do Governo é dar respostas rápidas e positivas para a sociedade. O Estado mostra a firmeza na elucidação dos crimes, a polícia mostra senso de dever e a vontade de servir”, declarou Thomaz Nonô.
Para o governador interino, o Estado cria, através de projetos de combate à criminalidade, um ambiente propício para as ações de segurança pública. “O Governo trabalha na melhoria da sensação de segurança”, afirmou.
Estiveram presentes na reunião os representantes do Ministério Público Eduardo Tavares, Diógenes Tenório, Antônio Carlos Gouveia, Alfredo Gaspar de Mendonça; da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), Ivan Luiz; da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Fábio Gomes; da Polícia Militar, coronel Mário da Hora; da Polícia Civil, delegado Amorim Terceiro; do Corpo de Bombeiros, coronel Gláucio Alcântara; da Assembleia Legislativa, Fábio Ferrário; da Secretaria Estadual da Defesa Social, Carlos Mendonça e da Defensoria Pública, Ricardo Melro.

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

1 Comentário

  • Jailton Gomes dos Santos disse:

    Eu não quero nem saber o que é que é preciso para melhorar a Segurança Pública no estado de Alagoas. Nisso devem pensar aqueles que são estudiosos, muito bem remunerados e assessorados e eleitos pela população, apesar de que com suas propostas mirabolantes, exatamente para conduzir o Estado de Coisas que é o faroeste Alagoano. Isso é uma preocupação exclusiva do Governo!!!!!!! Agora, com essa droga de salário, não dá mais nem pra PATRULHAR!!!!!!! Passeando… Passeando…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com