quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Litoral Sul alagoano passa a ser destino de festas de fim de ano

Por Ivan1

Conforto, viabilidade e diversão. As três principais qualidades exigidas por quem gosta de aproveitar as férias estão reunidas em um único local: o litoral sul de Alagoas. Ponto de encontro de gente bonita e animada, o balneário é a região que mais se desenvolve em todo Estado, com perspectiva no turismo, que apresenta altos índices de crescimento a cada ano.
Embora seja destino consolidado dos alagoanos e turistas durante o verão, o fluxo de visitantes no litoral sul é frequente durante os doze meses do ano. Não é para menos, a água morna e azulada convida a uma experiência memorável onde é possível unir o relaxar ao aproveitar. E são muitas as opções ofertadas pelo comércio local para alavancar o turismo, e em consequência, a economia dos municípios localizados na região.
A Barra de São Miguel é um exemplo de sucesso crescente na promoção de ações para afirmação de destino turístico. Sempre incentivando a recepção de eventos e novos empreendimentos, o município foi recentemente presenteado com a duplicação da rodovia AL 101 Sul, que facilitou o acesso e reduziu em praticamente metade o tempo na estrada. Isso contribuiu para que mais desenvolvimento chegasse ao local, assim como novas ofertas de serviços.
O último deles é o Réveillon Seletto, parceiro do projeto “Alagoas Capital do Réveillon”, que firma a escolha do estado no roteiro principal das celebrações de passagem de ano. A área de 4.500 metros quadrados, à beira mar da praia Bonita, vai receber o máximo de 2000 convidados ao som das bandas alagoanas Sabaki e Santtafé, e do rei do frevo Alceu Valença. Pensando em agregar conforto aos convidados, a VogaShift, idealizadora do evento, fechou parceria com o trade turístico nas imediações da Barra de São Miguel – que contempla restaurantes, hotéis e pousadas acessíveis a todos tipos de bolso –, oferecendo pacotes promocionais àqueles que escolherem o Seletto para comemorar a chegada de 2014.
O empresário Alberto Mafra conta que parcerias como essa impulsionam ainda mais o mercado local, fortalecendo a renda dos nativos. “A contratação de mão-de-obra capacitada para serviços provisórios vai crescer, chegando a cerca de 300 empregos diretos e 250 indiretos no período”, ressalta ele, lembrando que os resultados já são visíveis.
“Entramos no calendário da Barra de São Miguel como um evento de grande porte. Quase toda rede hoteleira já está lotada, isto reflete lucro e reforço financeiro para os comerciantes locais”, finaliza.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com