quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Notícias

In:

Campanha Outubro Rosa é encerrada e realiza mais de sete mil exames

Por Ivan1

O mês de outubro foi palco de uma grande ação de combate e prevenção do câncer de mama. Realizado pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), em parceria com o Grupo Delfin e Philips do Brasil, a campanha Outubro Rosa teve como objetivo a realização de exames de mamografia para mulheres na faixa etária de 40 a 69 anos.
outubro_rosa3  A campanha foi realizada durante todo o mês em diversos pontos da capital e do interior de Alagoas e realizou mais de sete mil exames de mamografia detalhada. As cidades contempladas, além de Maceió, foram Palmeira dos Índios, Viçosa e Porto Calvo.
De acordo com a diretora de Atenção Básica, Cláudia Cerqueira, o caminhão, equipado com aparelhos modernos, ofertou durante um mês 140 exames por dia, tanto em Maceió quanto no interior alagoano, sendo um total de 280. “A população atendeu ao chamado da Sesau e compreendeu a importância do exame e da prevenção do câncer de mama”, explicou a diretora.
A enfermeira do setor do Núcleo da Saúde da Mulher da Sesau, Ticiane dos Santos, lembrou que o câncer de mama representa a segunda maior causa de óbitos entre as mulheres e alerta que a detectação precoce da doença é importante para que se aumentem as chances de cura. “Quando o câncer é detectado precocemente as chances de cura são maiores do que quando o diagnóstico é feito em estágios avançados”, ressaltou a enfermeira, destacando ainda que o exame deve ser feito anualmente.
Além dos exames, os casos identificados serão encaminhados pelas secretarias municipais para realização do tratamento em unidades públicas de alta complexidade em oncologia que, em Alagoas, se concentrará na Santa Casa de Misericórdia de Maceió.
Segundo Maria Arlete de Melo, que realizou o exame nesta sexta-feira (30), a iniciativa é válida, porque visa conscientizar as mulheres que devem procurar sempre a prevenção. “Muitas mulheres deixam de fazer o exame por falta de informação. Por isso é imprescindível que os gestores realizem campanhas como essa para levar à população a informação sobre a importância dos exames preventivos”.
Já a aposentada Gildete Calaça afirmou que realiza o exame todos os anos. “Por ser uma sobrevivente de câncer do colo do útero sei a importância que o diagnóstico precoce possui para uma recuperação plena”, afirmou. Gildete que disse ainda que todo o seu tratamento foi feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e elogiou o empenho dos profissionais que  acompanharam do tratamento. “Todos os medicamentos e procedimentos como quimioterapia e radioterapia foram realizados de forma pontual e com acompanhamento humanizado”, testemunhou Gildete.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com