quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Notícias

In: ,

Alagoas bate recorde de inscrições no Concurso de Redação do Senado

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE) recebeu 124 redações, cada uma representando uma escola da rede pública alagoana, para a segunda etapa de seleção do Programa Senado Jovem Brasileiro 2013 (Jovem Senador), que proporciona aos estudantes do Ensino Médio de escolas públicas estaduais conhecimento sobre a estrutura e funcionamento do Poder Legislativo do Brasil. Para participarem desta edição, os alunos tiveram que elaborar um texto dissertativo com o tema “Buscar voz para ter vez: cidadania, democracia e participação”.

Valdir Rocha

Alagoana Layane Marinho venceu concurso em 2012

Ao todo, foram produzidas 12.760 redações no estado e mobilizados 26.638 alunos e 372 professores da rede, números que significam um aumento significativo de participação em comparação ao concurso em 2012, quando a secretaria recebeu apenas 55 redações selecionadas pelas unidades de ensino.
“Esse ano tivemos 70% de participação das escolas da rede, alcançamos uma participação bem maior que no ano passado. Mas nosso objetivo é ampliar ainda mais o alcance da mobilização e despertar o interesse das unidades que não participaram”, observou o gerente de Desenvolvimento das Práticas Pedagógicas da SEE, Jair Porto.

    Próximas etapas – Segundo Jair, após a primeira etapa de seleção, que aconteceu com a escolha das redações que representariam cada escola pelas próprias unidades de ensino, a SEE irá selecionar três dos 124 textos, com classificação em primeiro, segundo e terceiro lugar para representar o estado nacionalmente. As três redações serão encaminhadas para a Secretaria de Relações Públicas do Senado Federal até o próximo dia 30.
“A secretaria deve avaliar, por meio de uma comissão julgadora composta por quatro professores de Língua Portuguesa da rede, as dissertações de acordo com os critérios presentes no regulamento do programa, que inclui, entre outras coisas, o título do texto, a extensão entre 15 e 20 linhas, estrutura de argumentação e proposta de intervenção”, explicou.
Ao fim do processo, serão selecionadas 27 redações, uma por unidade da Federação, na etapa nacional. Os autores das dissertações escolhidas terão a oportunidade de vivenciar, em Brasília, o processo de discussão e elaboração das leis do país, por meio de uma simulação dos Senadores da República. A comissão julgadora do Senado Federal, enfim, selecionará as três redações vencedoras em âmbito nacional – primeiro, segundo e terceiro lugar – até o dia 11 de outubro.

   Premiação – Os 27 estudantes finalistas receberão um microcomputador portátil, além de certificado de classificação no concurso e medalha, além de ter as redações publicadas no 6º livreto do certame. Todos os alunos finalistas terão as despesas de transporte aéreo, hospedagem, alimentação e traslados na capital cobertas pelo Senado Federal. Os três vencedores finais, além disso, receberão troféus.
O Jovem Senador conta com o apoio do Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e das Secretarias de Educação dos Estados e do Distriti Federal.

    Alagoana vencedora em 2012 – Em 2012, o concurso foi vencido por uma estudante alagoana. Layane Marinho, aluna do Ensino Médio da Escola Estadual Padre Aurélio Góis, em Junqueiro, foi a campeã brasileira do 5º Concurso de Redação do Senado Federal, com o tema “Brasil, uma mãe gentil para os filhos de seus municípios”.
Layane teve sua redação escolhida em sua escola entre 16 trabalhos inscritos, concorrendo com outras 63 redações na etapa estadual e, por fim, desbancou outras 26 dissertações da etapa nacional, onde conquistou o primeiro lugar no país. “Estava confiante, sim, que minha redação estava entre as melhores, mas conquistar o primeiro lugar foi uma emoção extraordinária”, comemorou a jovem

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com